quinta-feira, 31 de março de 2011

Trio desfalca o São Paulo na Arena Barueri

O técnico Paulo César Carpegiani tem problemas para a partida do próximo domingo diante do Mirassol, na Arena Barueri. Ele não poderá contar com o atacante Dagoberto, artilheiro da equipe na temporada com nove gols. O camisa 25 foi expulso no clássico contra o Corinthians, no último fim de semana.

Em seu lugar, os garotos Willian José e Henrique brigam por uma vaga ao lado de Fernandinho. Marlos também é cotado. Na zaga, o desfalque é Rhodolfo, que tomou o terceiro cartão amarelo diante do time alvinegro. Luis Eduardo e Xandão são as opções. Mas Carpegiani deverá optar pelo camisa 13, como vem acontecendo constantemente.

Outro que não estará em campo é Ilsinho, que também levou o terceiro cartão. Diante do Corinthians, o são-paulino atuou no lugar de Lucas, que estava com a Seleção Brasileira. Com sua ausência, o camisa 77 será substituído naturalmente pelo garoto, como aconteceu na derrota para o Santa Cruz por 1 a 0, em Recife, na última quarta-feira.

O grupo são-paulino já retornou para a capital paulista. Nesta quinta-feira à tarde, o Tricolor se reapresentará no CT da Barra Funda. Carpegiani começará a pensar na equipe que estará em campo no domingo. Lembrando que na próxima quarta-feira o São Paulo faz o jogo decisivo contra o Santa Cruz pela Copa do Brasil.

Fonte: Site Oficial SPFC

quarta-feira, 30 de março de 2011

Dagoberto será julgado e pode levar gancho

O TJD-SP (Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo) denunciou nesta quarta-feira o lateral Alessandro e o atacante Dentinho, do Corinthians, e o atacante Dagoberto, do São Paulo, expulsos no clássico do último domingo --vitória do time tricolor por 2 a 1--, em Barueri.

Por conta de objetos atirados no gramado pelas duas torcidas, os clubes também foram denunciados. Os julgamentos acontecem na próxima segunda-feira, dia 4 de abril.

Dentinho levou o vermelho depois de acertar um chute no volante Rodrigo Souto e corre o risco de ser suspenso de quatro a 12 partidas. Ele será julgado no artigo 254-A, II --praticar agressão física durante a partida-- do CBDJ (Código Brasileiro de Justiça Desportiva).

Já Alessandro e Dagoberto serão julgados no artigo 254 --praticar jogada violenta. Alessandro foi expulso pelo árbitro Guilherme Ceretta após atingir o próprio Dagoberto. Já o atacante são-paulino recebeu o cartão vermelho após entrada dura no volante Ralf.

CLUBES

Além dos jogadores, o São Paulo e o Corinthians também podem ser punidos pelo TJD. O time do Morumbi foi citado no artigo 213 III e 1º --deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir lançamento de objetos no campo ou local da disputa do evento desportivo--, que prevê perda de até 10 mandos de campo e multa entre R$ 100 e R$ 100 mil.

Já o Corinthians foi denunciado no mesmo artigo, mas sob pena de multa entre R$ 100 a R$ 100 mil.

O clássico entre São Paulo x Corinthians foi realizado na Arena Barueri em virtude do show da banda Iron Maiden no Morumbi, no sábado.

Fonte: Folha.com

Fernandinho e Dagoberto podem garantir vaga do São Paulo

Depois de por um acidente não ter começado sua carreira no Santa Cruz, Fernandinho está confirmado por Paulo César Carpegiani para o jogo no Arruda, na noite desta quarta-feira.

Diante do Treze-PB, o Tricolor, por fazer 3 a 0, não precisou do jogo da volta para passar de fase. Agora, também no Nordeste, é hora de repetir o mesmo feito.

Para isso, Fernandinho, ao lado de Dagoberto, está empolgado e confiante, ainda mais depois de entrar para história ao sofrer a falta que resultou no centésimo gol de Rogério Ceni.

- Sabemos que será um jogo difícil, a torcida deve lotar, o time está numa crescente, apesar de ter passado por momentos difícies. O time não é bobo, estão, em casa, onde costumam jogar, podem dar trabalho. Mas estamos focados no objetivo, na pegada, então vamos fazer um bom jogo para vencermos. Se for de mais de dois, será consequência do trabalho - analisou Fernandinho.

- Se repetirmos o que fizemos nas últimas partidas, temos boas chances de um resultado positivo. Sabemos do que vamos enfrentar, a Copa do Brasil é uma competição bacana por causa disso. Estádio lotado, carinho do torcedor, tudo muito gostoso - completou Dagoberto, no desembarque do Tricolor, na terça-feira à noite.

Diante do Treze, a dupla foi responsável pelos dois gols do Sampa. Dagoberto deixou sua marca em duas oportunidades. Fernandinho, em uma.

Fonte: LanceNet

terça-feira, 29 de março de 2011

Sem Rogério, Tricolor chega ao Recife e mostra respeito pelo Santa Cruz

A delegação do São Paulo já está no Recife, palco da partida desta quarta-feira, contra o Santa Cruz, pela Copa do Brasil. Sem o goleiro Rogério Ceni, que ficou na capital paulista para participar da apresentação de Luis Fabiano, o elenco chegou ao hotel na praia de Boa Viagem por volta das 19h, sob forte esquema de segurança. Mesmo assim, alguns jogadores tiraram fotos e deram autógrafos aos torcedores. Os mais requisitados foram os meias Rivaldo, por estar em sua terra natal, Lucas e o atacante Dagoberto.

- É uma alegria muito grande estar aqui. Treinei 20 minutos como titular hoje pela manhã e tenho a expectativa de começar jogando. Será um jogo muito complicado, o Santa Cruz está embalado pela boa campanha e vai dificultar bastante as coisas. Se pudermos eliminar o jogo de volta será bom, caso contrário, o que vale será a vitória – afirmou Rivaldo.

Dagoberto disse que o time tem que continuar mostrando o futebol ofensivo das últimas partidas.

- Se repetirmos que fizemos nas últimas partidas, temos grandes chances de conseguir um resultado positivo. Sabemos do que vamos enfrentar, a Copa do Brasil é uma competição bacana por causa disso, é estádio lotado, carinho do torcedor, é tudo muito gostoso. Agora é descansar para poder fazer uma grande partida – ressaltou.

Fonte: Globo Esporte

segunda-feira, 28 de março de 2011

VÍDEO Dagoberto: 'Eu sentia o peso de nunca ter vencido o Corinthians'

Dagol vibra com artilharia e jogo 200

O dia foi de festa para o goleiro Rogério Ceni, que marcou seu centésimo gol na carreira. No entanto, outro jogador do São Paulo comemorou muito no último domingo. Dagoberto marcou mais um gol pelo Tricolor, acabou com o tabu corintiano e se consolidou na artilharia da equipe na temporada.

No clássico realizado na Arena Barueri, o camisa 25 abriu o caminho para vitória são-paulina por 2 a 1 com uma bomba de fora da área. Foi o nono gol do jogador em 2011. Marca que está próxima da atingida no ano passado, quando Dagoberto foi o artilheiro máximo do Tricolor com 15 gols no total.

"Estou muito feliz pelo objetivo que o São Paulo alcançou no clássico. Pessoalmente, estou satisfeito com o meu rendimento. Marquei quatro gols nos últimos quatro jogos. Tive a felicidade de ter feito um belo gol no Corinthians. Nunca tinha vencido eles", ressaltou o atacante.

Como já citado pelo próprio jogador, sua sequência realmente é muito boa. Ele marcou nos últimos quatro jogos: Ituano, Santo André, Paulista e Corinthians. Na próxima quarta-feira diante do Santa Cruz, em Recife, Dagoberto completará 200 jogos com a camisa do Tricolor. Ele chegou em 2007 e participou do bicampeonato brasileiro (2007 e 2008)

"É uma marca importantíssima para mim. Estou feliz por estar há tanto tempo no São Paulo fazendo história", concluiu o são-paulino.

Fonte: Site Oficial SPFC

Dagoberto perto da marca de 200 jogos pelo São Paulo

A vitória conquistada sobre o rival Corinthians, no domingo, por 2 a 1, entrou para a história do São Paulo por diversos motivos. Além de ficar eternamente marcada pelo centésimo gol de Rogério Ceni, o resultado positivo acabou com o tabu de quatro anos e 11 partidas sem vitórias do Tricolor.

Autor do primeiro gol no Majestoso, Dagoberto ressaltou o resultado e o fim do mau retrospecto. No entanto, a boa fase do atacante nos gramados e o fim das polêmicas com o técnico Paulo César Carpegiani foram ainda mais comemoradas.

- Muito bom acabar com o tabu. Estamos leves, felizes pelo objetivo alcançado. Estou muito feliz pelo que vem acontecendo. São quatro jogos seguidos em que eu venho fazendo gols e ajudando o São Paulo. O objetivo maior está sendo alcançado. Tive a felicidade de fazer um belo gol num momento importante. Eu mesmo sentia muito esse tempo que nunca tinha vencido o Corinthians. Foi muito bom - afirmou.

Contra o Santa Cruz, na próxima quarta-feira, pela segunda fase da Copa do Brasil, Dagoberto também pode alcançar uma marca história pelo São Paulo. Se entrar em campo, será a 200ª partida do atacante pelo Tricolor desde que chegou ao clube, em 2007.

- É uma marca importantíssima para mim pessoalmente. Fico muito feliz por estar tanto tempo e estar fazendo historia no São Paulo. O importante é você passar e fazer história, e estou muito feliz pelo momento, pelo que o São Paulo vem mostrando - completou Dagol, que mostrou ter estudado o adversário desta quarta-feira.

- É a grande chance deles, né? Tenho certeza que pela torcida fanática que eles têm, vai estar lotado, e eles sempre vão bem jogando em casa. Os jogadores vão encarar como a partida do ano. No entanto, a nossa equipe está num bom momento, e é se preocupar em fazer nosso melhor. Assim não seremos surpreendidos - garantiu.

Fonte: LanceNet

São-paulinos admitem alívio com fim de tabu em clássicos com o Timão

Depois de quatro anos sem vencer o Corinthians em um clássico, o São Paulo teve uma segunda-feira tranquila no CT da Barra Funda. Se antes os atletas evitavam colocar o tabu de 11 partidas sem vitórias sobre o arquirrival como algo importante, agora eles revelam que a queda do Timão encerrou um período de pressão por um resultado positivo. Com a vitória de 2 a 1 sobre o Alvinegro, o Tricolor chegou aos 34 pontos, a um a menos que o líder Palmeiras.

- Futebol se traduz em confiança. Estávamos há muito tempo sem ganhar do Corinthians e isso foi quebrado. O time esteve consciente taticamente e tivemos inteligência para alcançar o resultado – disse o lateral-esquerdo Júnior César.

Dagoberto, que chegou ao Tricolor logo no início do tabu corintiano, em 2007, admitiu que o longo jejum sem vitórias sobre o Corinthians o incomodava. Afinal, foram 11 partidas sem saber o que era derrubar o maior rival.

- O São Paulo vem mostrando um bom futebol há longa data e (a vitória no domingo) foi mais uma amostra do que a equipe vem fazendo. A equipe está no caminho certo. Nesses jogos tem de buscar a vitória para dar moral no campeonato. O clássico é importante porque ficar muito tempo sem vencer atrapalha. Hoje estamos felizes, leves. Eu mesmo sentia muito esse tempo, porque nunca tinha vencido o Corinthians. Foi muito bom - disse Dagoberto.

O próximo jogo pelo Campeonato Paulista é contra o Mirassol, domingo, no Morumbi. Antes disso, a equipe tem um desafio pela segunda fase da Copa do Brasil, contra o Santa Cruz, nesta quarta-feira, no Arruda.

Fonte: Globo Esporte

São Paulo perde Rhodolfo e Dagoberto contra o Mirassol

Em jogo recheado de atrativos, São Paulo e Corinthians se enfrentaram na Arena Barueri. Com 100º gol de Rogério Ceni, tabu de 11 jogos sem o Tricolor vencer o Timão, e melhor colocação na tabela, o jogo teve o clima tenso. O São Paulo quebrou o tabu vencendo por 2 a 1 e ainda viu seu maior ídolo marcar o 100º gol. O São Paulo perdeu Rhodolfo por terceiro cartão amarelo e Dagoberto por expulsão para o duelo contra o Mirassol.

Por todos ingredientes da partida, além da rivalidade, a partida manteve um clima tenso, com pequenas faltas marcadas pelo árbitro Guilherme Ceretta, que tentava controlar o jogo. O primeiro cartão amarelo saiu aos 29 minutos, para o atacante são-paulino, Dagoberto, que fez falta em Leandro Castan.

Rogério Ceni, aos nove minutos do segundo tempo, teve uma boa chance na entrada da área e não perdoou, marcou seu 100º gol na carreira. Na comemoração, que teve direito há 10 minutos de fogos, o capitão tirou a camisa e também foi advertido.

Rhodolfo, aos 22 minutos foi advertido com cartão amarelo, sendo o seu terceiro no Campeonato Paulista, com isso, não poderá atuar contra o Mirassol, na Arena Barueri, no próximo domingo, dia 3 de abril, às 16h.

Dagoberto, autor do primeiro gol Tricolor, aos 23 minutos, recebeu seu segundo cartão amarelo por falta forte no rival, indo para o chuveiro mais cedo. Com isso, fará companhia para Rhodolfo fora dos gramados na próxima rodada.

Pelo lado do Corinthians, o árbitro Guilherme Ceretto expulsou Alessandro e Jorge Henrique, ambos de forma direta. Os três expulsos deverão se encontrar no Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo (TJD/SP) na próxima semana, quando serão julgados pela expulsão.

Fonte: Justiça Desportiva

domingo, 27 de março de 2011

Carpa reclama de árbitro: 'Com Dagol, seria mais'

Apesar de ter aberto 2 a 0, o São Paulo levou um gol do Corinthians e quase sofreu o empate. O jogo acabou 2 a 1 para o Tricolor, mas os corintianos quase marcaram no fim. Para Carpegiani, o motivo da pressão foi a expulsão de Dagoberto, injusta para o treinador:

– No segundo tempo (aos 23 minutos), o cartão do Dagoberto foi uma grande injustiça. O primeiro até posso aceitar, o segundo foi uma compensação pela expulsão do Alessandro. Se tivesse mantido os 11 jogadores, poderíamos ter feito mais gols. O juiz conseguiu desqualificar o jogo.

O comandante tricolor não acha que a vitória vai transformar o Tricolor em favorito absoluto ao título:

– Não vejo como divisor de águas. Foi um jogo que se torna diferente pela rivalidade e pelo que aconteceu. Mas não muda nada. Não tenho o time ideal ainda. Um machuca, outro vai para a Seleção. Agora terei todos jogadores à disposição e poderei endereçar uma equipe que lutará em igualdade de condições com todos adversários – completou.

Em relação ao último jogo, três foram as mudanças do treinador, que apostou em Rodrigo Souto e Ilsinho nos lugares de Casemiro e Marlos. Junior Cesar, que entrou na vaga do suspenso Juan, comemorou a vitória. Ele chegou ao Tricolor em 2008 e, desde então, ainda não tinha vencido o rival. Agora, ele quer se manter na equipe:

– Hoje foi um dia perfeito e o objetivo final foram os três pontos. Quebramos o tabu e, de quebra, o Rogério ainda fez o centésimo. Vamos continuar trabalhando.

Fonte: LanceNet

VÍDEO: Gol do São Paulo! Dagoberto bate de fora da área e abre o placar, aos 39 do 1º tempo

sábado, 26 de março de 2011

Majestoso confronta ataque solidário contra artilharia monopolizada

Na tabela do Campeonato Paulista, São Paulo e Corinthians se destacam como o segundo e o terceiro ataques mais positivos da competição, ficando atrás do Santos, líder do quesito. Mas, analisando a distribuição dos gols nas duas equipes que se enfrentam às 16h deste domingo, na Arena Barueri, é possível perceber uma diferença latente. Enquanto o Tricolor divide seus 31 tentos entre um número maior de jogadores, o Timão concentra dez dos 29 marcados em Liedson.

O São Paulo tem nos seus velozes atacantes os principais artilheiros. Dagoberto tem seis gols, enquanto que Fernandinho aparece logo em seguida, com quatro. O time do Morumbi ainda tem uma boa opção na bola parada. Rogério Ceni, que neste domingo pode chegar ao seu 100º gol na carreira, também já fez quatro neste campeonato. Na sequência, aparece o polivalente Jean, com três tentos.

A soma de gols entre Dagoberto e Fernandinho é exatamente o número de gols que Liedson, sozinho, marcou pelo Corinthians. O atacante, que chegou há pouco mais de um mês de Portugal, já é o artilheiro do Campeonato Paulista, ao lado de Elano, do Santos. A distância entre o camisa 9 do Timão e o segundo maior goleador da equipe é grande. Dentinho e Fábio Santos aparecem bem abaixo na tabela, com somente três gols cada um.

Embora enalteça o potencial do seu principal artilheiro, o técnico Tite evita colocar o Corinthians com uma dependência de Liedson. O treinador afirma que o atacante está em boa fase não só pelo talento que tem, mas também pelo meio-campo alvinegro ter criado bastante alternativas nas partidas.

- O Liedson é um grande jogador, sem dúvida nenhuma. Mas quando ele não jogou, atuou o William, que fez dois gols. E, se isso aconteceu, é porque o meio criou. A mecânica da equipe está funcionando bem, o que é importante se ressaltar. Com o passar dos jogos, a tendência é isso melhor, já que a repetição acaba trazendo o entrosamento - avaliou o treinador.

No São Paulo, Fernandinho diz que os números do ataque tricolor mostram que o setor não depende apenas de um jogador.

- O São Paulo sempre está acima de tudo. Veja que o Dagoberto além de marcar gols, também se destaca nas assistências, mostra que não é fominha. Aqui não temos um grupo que privilegia o individual. O importante é o time vencer - ressaltou o camisa 12.

O técnico Paulo César Carpegiani espera que a eficiência do ataque solidário, que não foi bem na derrota para o Paulista, quando perdeu muitas chances, esteja de volta contra o rival.

- O time criou muito na última partida, mas teve não competência para marcar os gols e o resultado acabou fugindo das nossas mãos. Contra o Corinthians, será um jogo complicado, mas estamos prontos para fazer uma grande partida - finalizou o treinador.

Fonte: Globo Esporte

quinta-feira, 24 de março de 2011

Dagoberto é eleito o Craque do Jogo

O São Paulo perdeu para o Paulista por 3 a 2, na última quarta-feira, mas a torcida são-paulina soube reconhecer o esforço dos jogadores em campo. O atacante Dagoberto, que fez um gol na partida, foi eleito pelos torcedores o Craque do Jogo, ação mobile patrocinada pelo Cartão Bradesco SPFC.

Durante o jogo, a torcida mandou SMS para o número (11) 9998 7732 [SPFC] e escolheu o seu jogador. Após uma disputa acirrada com centenas de votos, Dagoberto superou Fernandinho (segundo lugar) e Marlos (terceiro). O camisa 12 deu a assistência para Dagoberto marcar.

"Infelizmente não conseguimos vencer o jogo. Mas o futebol é assim mesmo. Tenho de agradecer a torcida que votou em mim e está sempre nos apoiando. Pode ter certeza que domingo vamos precisar deles apoiando mais ainda nas arquibancadas", ressaltou Dagoberto.

Na temporada, o atacante vive excelente fase. Dagoberto é o artilheiro máximo do Tricolor Paulista no ano com oito gols. No ano passado, o camisa 25 também assumiu este posto ao longo de 2010 e fez 15 gols. No próximo domingo, ele será uma das apostas para vencer o Corinthians, na Arena Barueri.

Fonte: Site Oficial SPFC

terça-feira, 22 de março de 2011

Dagoberto faz 28 anos, ganha faixa das fãs e ovadas dos companheiros

Artilheiro do São Paulo em 2011, com sete gols, Dagoberto completou 28 anos nesta terça-feira. E o camisa 25 ganhou dois presentes bem diferentes. O primeiro, especial, foi uma faixa feita por integrantes do seu fã clube e que foi levada ao CT da Barra Funda. A outra, nem tanto, foram inúmeras ovadas que ganhou dos companheiros assim que o técnico Paulo César Carpegiani encerrou os trabalhos no gramado.

Algumas meninas chegaram ao clube às sete da manhã. Esperaram pacientemente a chegada do atacante, que só treinou à tarde. Certamente, algumas delas faltaram na aula, mas nada que não possa ser recuperado depois.

- Eu amo o Dagoberto desde quando ele jogava no Atlético-PR. Não tem explicação. Eu amo ele. Conheci-o aqui mesmo no ano passado, no dia do seu aniversário. Então, esta data eu comemoro duas vezes. Mais um sonho realizado – afirmou a torcedora Andressa, que estava acompanhada de outras dez meninas.

Depois que atendeu as fãs, Dagoberto mostrou disposição no treinamento tático realizado à tarde. Quando estava deixando o gramado, a surpresa: uma chuva de ovos. A arapuca foi armada pelo zagueiro Miranda e pelo volante Cleber Santana. Imundo, o jogador sorriu e, sem muita alternativa, seguiu para o vestiário para tomar banho.

Fonte: Globo Esportes

Aniversariante, Dagol recebe fãs no CT

O atacante Dagoberto recebeu um presente ao chegar no CT da Barra Funda nesta terça-feira à tarde. Mais de dez são-paulinas fanáticas colocaram faixas na porta do local parabenizando o camisa 25 por seu aniversário. Neste dia 22 de março, Dagoberto completa 28 anos de idade.

Algumas das meninas chegaram ao CT às 7h. Tudo para demonstrar seu amor ao atacante são-paulino. Com a camisa do São Paulo, Dagoberto disputou 197 jogos e marcou 46 gols. Além disso, ele tem em seu currículo dois títulos brasileiros pelo Tricolor - 2007 e 2008. Na temporada, o jogador é o artilheiro do time com sete gols marcados.

"Eu amo o Dagoberto desde quando ele jogava no Atlético-PR. Não tem explicação. Eu amo ele. Conheci ele aqui mesmo no ano passado, no dia do seu aniversário. Então, esta data eu comemoro duas vezes. Mais um sonho realizado", ressaltou Andressa.

Elas juram de pés juntos que não faltaram na aula ou no trabalho.

"Vale tudo para ver o Dagoberto", completou Luara.

No encontro, Dagoberto, acompanhado de sua mulher Taysa, que está grávida, distribuiu autógrafos, tirou fotos e ganhou presentes de suas fãs. A emoção foi tão grande que algumas não seguraram o choro. Alegria por ver o ídolo. O atacante fez questão de atender à todas e esbanjou simpatia.

Fonte: Site Oficial SPFC

Dagoberto e Fernandinho: artilheiros se reencontram

Eles são responsáveis por 37,5% dos gols do São Paulo na temporada. Um é o artilheiro do time com sete gols. O outro é o vice com cinco. Depois de quatro partidas, Dagoberto e Fernandinho se reencontram e deverão retomar a parceria de sucesso diante do Paulista, na próxima quarta-feira, em Jundiaí.

O camisa 25 são-paulino volta ao time após cumprir suspensão automática na vitória sobre o Prudente por 1 a 0, no último fim de semana. Já seu companheiro desfalcou o time por mais tempo. Com dores na panturrilha esquerda, Fernandinho ficou no REFFIS nas últimas semanas e está há quatro jogos fora da equipe.

"Fico feliz por ver o Fernandinho voltar ao time após uma lesão, que é um momento difícil. Mas agora ele está de volta e vai nos ajudar muito. Quem ganha com isso é o São Paulo. Também fico feliz por voltar e ver o time ainda na liderança", ressaltou Dagoberto, que atuou pela última vez com Fernandinho no clássico contra o Palmeiras, dia 27 de fevereiro.

Antes da lesão, Fernandinho estava arrasador. Ele havia marcado nos últimos quatro jogos - Palmeiras, Bragantino, Treze-PB e Portuguesa. Com cinco gols no total, o camisa 12 já está próximo da marca alcançada em 2010, sua primeira temporada no clube paulista, quando fez seis.

"Sempre é um prazer jogador ao lado do Dago (Dagoberto). É um jogador extremamente profissional e tem nos ajudado bastante. Ele é goleador e tem dado bastante assistências também. É sempre bom voltar e saber que o time está dando o máximo para conquistar os seus objetivos", completou Fernandinho.

De fato, a fase do Tricolor é realmente ótima. Líder do Paulistão com 31 pontos, a equipe não perde há oito jogos - sete vitórias e um empate. Além disso, o goleiro Rogério Ceni não toma gols há quatro partidas. Na Copa do Brasil, o São Paulo volta a campo no próximo dia 30 de março diante do Santa Cruz, no Arruda.

Fonte: Site Oficial SPFC

quinta-feira, 17 de março de 2011

Aniversário do Dagol! (22/03)


Boa tarde, nação tricolor!
Estou aqui pra fazer um convite à todos vocês. Dia 22 de Março, próxima terça-feira, o nosso querido Dagol completará seus 28 anos. E para festejar esse momento tão especial, vou fazer um convite especial para toda a galera:
Estou organizando um vídeo com os parabéns de vários fãs e torcedores. É isso mesmo!
Quem desejar participar, é só gravar um vídeo seu, com suas palavras e enviar para o nosso e-mail:
dagoloucura@hotmail.com

Regras do vídeo:
• O vídeo deverá ter no máximo 30 segundos
• É proibido o uso de palavras e gestos obscenos, e nada que difame a imagem do jogador
• O prazo para enviar o vídeo é de até DOMINGO (20/03).

Ao enviar o seu vídeo para o nosso email (dagoloucura@hotmail.com) envie também o seu NOME COMPLETO. Caso contrário, não incluirei teu vídeo nas homenagens.
O vídeo com os parabéns de todos vocês será entregue diretamente nas mãos do Dagoberto, portanto caprichem e boa sorte!

terça-feira, 15 de março de 2011

Shakhtar oferece R$ 27 milhões por Dagoberto



O São Paulo pode ficar sem Dagoberto. O jogador, apesar de ter prestígio com o técnico Paulo César Carpegiani, recebeu uma proposta para jogar no Shakhtar Donetsk, da Ucrânia.

A proposta foi revelada nesta terça-feira, no programa “Jogo Aberto”, da Band, pelo narrador e comentarista Ulisses Costa. “A proposta foi feita ontem à noite e é de 12 milhões de euros (cerca de R$ 27 milhões)”.

Com a contratação de Luis Fabiano, especula-se que Fernandão poderia deixar o clube e jogar pelo Palmeiras. Mas a diretoria não confirma.

O São Paulo volta a campo no domingo para enfrentar o Grêmio Prudente, fora de casa, ás 18h30. O time é o atual líder do Paulistão com 28 pontos, junto com Corinthians, Santos e Palmeiras, mas leva vantagem no número de vitórias: nove contra oito dos rivais.



Fonte: Band

Dagoberto encerra polêmica com Carpegiani e elogia L. Fabiano

Titular e em grande fase no São Paulo, Dagoberto quer mesmo encerrar a polêmica com o técnico Paulo César Carpegiani. No início de fevereiro, o treinador xingou o atacante de "bobalhão" durante a vitória por 3 a 2 sobre o Linense, pelo Campeonato Paulista, e chegou a abrir as portas para uma transferência. Nesta segunda-feira, Dagoberto, entretanto, pôs panos quentes na situação. "Eu não o xinguei (ao Carpegiani). Ele estava de cabeça quente, mas já ficou no passado", disse ele no canal SporTV.

Dagoberto também falou sobre a saída de Muricy Ramalho do Fluminense e elogiou muito o treinador, com quem trabalhou no São Paulo. "O Muricy fala o que tem para falar. Eu só tenho o profissional que ele foi no São Paulo comigo. Ele tem uma coisa que está extinta hoje em dia, que é a palavra, sem precisar do papel", falou, para em seguida opinar ainda sobre a chegada de Luís Fabiano. "É bom de bola, já provou dentro e fora do Brasil que é diferenciado. Estamos ansiosos pela chegada dele, já que se concretizou mesmo, mas ainda não conversei com ele".

Fonte: Portal Terra

De bem com a vida, Dagoberto explica sua melhor fase no São Paulo

Dagoberto é só sorrisos. O jogador, que defende o São Paulo desde 2007, passa por sua melhor fase no Tricolor. Ele não só tem apresentado um futebol consistente, como também se tornou o artilheiro da equipe na temporada.
Em 13 partidas disputadas neste ano, o atacante balançou as redes sete vezes. Uma média bem superior às das outras temporadas no time do Morumbi (veja tabela abaixo). O desempenho de Dagoberto cresceu em mais de 70% em comparação com o ano passado. De bem com a vida, o jogador explicou ao GLOBOESPORTE.COM quais os motivos de seu desempenho diferenciado nos últimos jogos do São Paulo.

ANOJOGOSGOLSMÉDIA
(gols por jogo)
20073570,2
20084970,14
200952100,19
201048150,31
20111370,53

- Acho que o estilo do jogo (proposto pelo técnico Paulo César Carpegiani neste ano) está me favorecendo bastante. São jogadores rápidos e que colocam a bola no meu pé. Eu também tenho me empenhado ao máximo e, quando o lado pessoal está bem, também ajuda muito.

A felicidade de Dagoberto tem seis meses de gestação. O jogador vai ser pai pela segunda vez e se diz “anestesiado” pelo menino que nasce ainda neste semestre. Ele e sua esposa, Thaysa, têm também uma filha de três anos, Thayná. Mateus ainda não tem uma camisa tricolor, mas o atacante ressalta que ainda há tempo para comprar um uniforme para bebês.

Até o relacionamento com a torcida parece estar nos seus melhores dias. Em sua quinta temporada no São Paulo, nada mais natural do que oscilações no rendimento do jogador. Com altos e baixos, Dagoberto nunca foi unanimidade entre os tricolores, mas, depois de suas últimas atuações, ele vem caindo nas graças da torcida.

- Sempre tive um carinho especial pela torcida do São Paulo. Eles sempre me acolheram bem e claro que vai haver momentos em que você vai ser criticado. Seja no lado bom ou no ruim, o que diferencia é como você lida com isso. E eu sou muito tranquilo.

Fonte: Globo Esporte

Dagoberto revela estar ansioso para jogar ao lado de Luis Fabiano


O atacante Dagoberto está ansioso para que o novo reforço do São Paulo, o centroavante Luis Fabiano, reestreie logo pelo Tricolor do Morumbi. O mais novo jogador da equipe paulista deve demorar ainda 40 dias para entrar em campo, pois se recupera de contusão na coxa direita.
- Estou ansioso para jogar com ele. Ele já provou no São Paulo e fora que é diferenciado - disse o jogador, ao programa "Bem, Amigos", do Sportv.
Dagoberto acredita ainda que a entrada de Luis Fabiano não causará problemas no setor defensivo do São Paulo. O Tricolor já está atua em esquema bem parecido, com William José como centroavante. Além disso, com o reforço, os adversários ficariam mais preocupados com a marcação:
- Estamos jogando com o Lucas aberto na direita e o Fernandinho na esquerda. Eu fico mais centralizado, às vezes como quarto homem do meio de campo, como o Paulo (César Carpegiani, técnico da equipe) me pede. Nós vamos ter que defender, mas o adversário vai ter que se defender também, e com um número muito maior de jogadores.
O jogador ainda minimizou a discussão que teve com o treinador durante a vitória por 3 a 2 sobre o Linense, em 3 de fevereiro deste ano:
- A briga é coisa do passado. Foi um desentendimento, coisa do jogo. Na verdade, acho que eu estava de cabeça quente e não entendi o que ele estava me passando.

domingo, 13 de março de 2011

Carpegiani terá conversa com Dagoberto sobre terceiro amarelo

Três a zero para o São Paulo sobre o Santo André, jogo resolvido. Aos 30 minutos do segundo tempo, Dagoberto cometeu falta no campo de defesa e completou a série de três cartões amarelos, tornando-se baixa para a partida de domingo que vem, contra o Grêmio Prudente, fora de casa.

Depois da partida, Paulo César Carpegiani reforçou que o atacante é peça importante em seu time e que terá uma conversa com ele para saber se a situação foi proposital ou não. Segundo o técnico, o camisa 25 tricolor já havia reclamado de cansaço na rodada passada, diante do Ituano.

"Quero crer sempre no jogador. Ele sabe da importância dele. No final do jogo passado, ele disse que estava sentindo muito a perna e que gostaria de ser preservado, mas eu disse na mesma hora que precisava dele e não iria poupá-lo neste domingo", revelou o comandante.

Por ainda não ter visto o lance de perto, Carpegiani avisou que vai falar pessoalmente com o jogador. "Ele tem que sentir a qualidade dele, que não pode fazer falta ao time. Mas isso eu ainda vou ver, vou analisar. Mas não vai ter problema se sentir que levou o cartão", concluiu.

Minutos depois, Dagoberto defendeu-se dizendo que, no lance, teve que voltar para ajudar a marcação, mas admitiu que ficar fora da partida em Presidente Prudente será benéfico. "Vai ser bom para descansar um pouco", comentou o atacante, autor de um gol neste domingo.

Fonte: Portal Terra

Cartão amarelo de Dagoberto levanta suspeita, mas Carpegiani ameniza

Apesar de ter sido um dos destaques da equipe na vitória por 3 a 0 sobre o Santo André, o atacante Dagoberto, em lance infantil, levou o terceiro cartão amarelo e vai desfalcar a equipe na partida contra o Grêmio Prudente, domingo, fora de casa, pela 14ª rodada do Campeonato Paulista. E, por ter pedido descanso ao técnico Paulo César Carpegiani após o jogo contra o Ituano, na última quinta-feira, foi levantada na entrevista coletiva a possibilidade de o camisa 25 ter forçado a advertência.

O treinador, para deixar a coisa esclarecida, foi até o ônibus da equipe, no saguão do estádio, e conversou por aproximadamente cinco minutos com o jogador.

- Quis mostrar que eu confio no Dagoberto. Não foi uma cobrança. Há um cerco por fora dizendo que ele não queria viajar. Quero mostrar que estamos tranquilos com isso. Não quero acreditar que ele tomou o amarelo por querer. Acredito nele. Ele me disse que segurou o adversário para o jogador não sair com a bola – disse o treinador.

Carpegiani ressaltou estar muito satisfeito com o desempenho de Dagoberto e que, por isso, não deu descanso ao atacante neste final de semana.

- Sem dúvida, hoje ele fez uma de suas melhores partidas comigo. Taticamente, foi importante demais. Na quinta, ele me pediu um descanso, mas respondi que não posso abrir mão da minha base, de atletas que são indispensáveis. Agora eu já tenho de pensar no substituto dele – ressaltou Carpegiani, que deverá dar uma chance a Marlos.

Fonte: Globo Esporte

Carpa coloca panos quentes em problema com Dagoberto


Dagoberto recebeu o segundo cartão amarelo na vitória contra o Santo André, por 3 a 0, e não joga na próxima rodada, contra o Grêmio Prudente. Na entrevista coletiva, levantou-se a possibilidade de o atacante ter forçado a suspensão para não viajar para Presidente Prudente. Porém, o técnico Paulo César Carpegiani colocou panos quentes na situação.
Pouco antes da saída do ônibus do Tricolor do Morumbi, o técnico do São Paulo chamou o atacante para uma conversa.
- Quis mostrar que eu confio no Dagoberto. Não foi uma cobrança. Há um cerco por fora dizendo que ela não quer viajar. Quero mostrar que estamos tranquilos com isso. Não quero acreditar que ele tomou o amarelo por querer. Acredito nele. Ele me disse que segurou o adversário para o jogador não sair com a bola - explicou
- Ele vai fazer muita falta no próximo jogo. Vai ser uma ausência sentida.
Recentemente, Dagoberto e Carpegiani tiveram um problema. O treinador chegou a dizer que não iria mais impedir a saída do camisa 25, caso ele recebesse uma proposta para sair. Depois, os dois se entenderam. Após a vitória, o comandante afirmou que foi a melhor partida do atacante sob seu comando. Em seguida, revelou que no fim do jogo contra o Ituano, Dagol pediu para ser poupado. Carpa não aceitou e disse que precisava dele.
- Foi umas das melhores partidas que ele fez. Me agrada muitíssimo. Nos temos que simplificar muito mais. Não só ele, mas todo o time. Coisas que a gente pode corrigir. Atacante tem que ser um pouquinho fome. Tem lance que o companheiro esta melhor posicionado, acredito que seja isso - disse.
O São Paulo, líder do Campeonato Paulista, com 28 pontos, encara o Grêmio Prudente na próxima rodada.
Fonte: LanceNet

Carpegiani: Lucas, Dagoberto e Luis Fabiano juntos

Não é só a torcida são-paulina que está empolgada com o trio Lucas, Dagoberto e Luis Fabiano. Depois da vitória sobre o Santo André por 3 a 0, neste domingo à tarde, no Morumbi, o técnico Paulo César Carpegiani foi questionado sobre esta formação ofensiva e já adiantou que pretende escalar todos juntos.

No ano passado, quando assumiu o São Paulo no meio do Campeonato Brasileiro, Carpegiani deixou bem claro o seu sistema ofensivo. Muitas vezes, ele chegou a escalar quatro atacantes em campo. Dois na segunda linha de quatro, abertos pela direita e esquerda, e dois na linha de frente.

“Se vocês (jornalistas) fizerem a comparação do que eu escalei no ano passado terão uma ideia de que como pode ser o time. Tenho de ter cuidado para não fazer injustiças. Estou satisfeito com o meu grupo e vamos escalar aquilo que achamos ser necessário. Tenho um grupo de 18 jogadores que podem entrar a qualquer momento”, ressaltou o comandante.

Diante da equipe do grande ABC, Lucas e Dagoberto foram os destaques. O camisa 25 abriu o placar após cruzamento de Juan. Foi o sétimo gol dele no ano. Já na etapa final, Lucas fez um golaço de fora da área. Na sequência, ele fez linda jogada, acertou o travessão e o volante Casemiro completou no rebote.

"O time fortalece muito com a chegada dele. Teve uma bela passagem pelo São Paulo. Vai ser uma honra jogar ao lado dele, vou aprender muito", completou o meia Lucas.

Fonte: Site Oficial SPFC

VÍDEO: Gol do São Paulo! Juan cruza na medida e Dagoberto marca

Gol do São Paulo! Juan cruza na medida e Dagoberto marca, aos 10 do 1º tempo.

quarta-feira, 9 de março de 2011

Dagoberto confia em sucesso da parceria com Willian José


O atacante Willian José teve sua primeira oportunidade entre os titulares do São Paulo na vitória sobre o São Caetano. Mesmo sem ter se destacado na partida, o jogador recebeu elogios e deve ser mantido para o confronto desta quinta-feira, diante do Ituano. Parceiro do garoto na frente, Dagoberto acredita em uma boa sequência com o colega.
"A melhor coisa é quando você alcança seus objetivos, porque tudo fica mais fácil e o entrosamento aparece. Ele é um cara novo, de excelente qualidade, e tomara que possamos ter sucesso juntos", comentou o camisa 25.
Depois de ter entrado no decorrer dos confrontos diante de Bragantino e Palmeiras, Willian José ganhou a posição no compromisso com o São Caetano por conta da ausência de Fernandinho, entregue ao departamento médico com dores na panturrilha esquerda.
Como o dono da vaga segue no Reffis, o camisa 19 deve receber mais uma oportunidade de Paulo César Carpegiani, que fez questão de dar ritmo ao atleta diante do Azulão, quando o deixou em campo durante os 90 minutos.
"Ele esteve bem, apareceu mais no primeiro tempo. É um jogador com presença de área e bom posicionamento. Ele estava esperando essa oportunidade e deixei correr o tempo todo, foi importante", analisou o treinador, logo depois da partida.

terça-feira, 8 de março de 2011

Para Dagoberto, volta de Lucas fez o São Paulo resgatar o bom futebol

Depois de um início titubeante na temporada 2011, com alguns resultados inesperados e fracas apresentações, o São Paulo cresceu muito de rendimento nas últimas cinco rodadas. A defesa se acertou, tomou apenas três gols nesse período, o ataque é o segundo mais positivo do Paulistão, com 23 tentos, e a torcida voltou a ter confiança na equipe.

Um dos destaques na temporada, com cinco gols e cinco assistências, o atacante Dagoberto não tem dúvidas. Para ele, o motivo do crescimento da equipe tem um nome: Lucas. O garoto não atuou nas primeiras partidas por estar defendendo a Seleção Brasileira sub-20 no Sul-Americano da categoria, disputado no Peru.

- O fator é o Lucas. Claro que todos dentro do grupo são importantes, mas têm peças que fazem a diferença. Ele está sendo o diferencial neste momento que estamos passando – afirmou o jogador, que concedeu entrevista nesta terça-feira.

O camisa 7 fez a alegria dos companheiros na última semana ao ser convocado para a Seleção principal comandada por Mano Menezes que disputará um amistoso contra a Escócia no próximo dia 27. O problema é que, na mesma data, haverá o clássico contra o Corinthians. Mesmo sem poder contar com o diferencial da equipe, Dagoberto acredita que a equipe tem grandes chances de obter a vitória.

- No último jogo deu para que ver que temos um grupo de muita qualidade aqui no São Paulo. A ausência dele (Lucas) será muito sentida, mas temos jogadores para substituí-lo – ressaltou.

Fonte: Globo Esporte